Nada nos vai separar

0
10330

Disseste-me: «Nunca ninguém nos vai separar.» Lembras-te? «O nosso amor vai resistir a tudo.» Disseste-me que as emoções, dentro do peito, são como bolas de ping pong a saltitarem de um lado para o outro. Mas que o amor reveste as paredes do coração para o tornar capaz de aguentar tudo.

Prometeste-me. Prometeste-me que estarias sempre ao meu lado e que «juntos seremos mais felizes do que sozinhos». Disseste-o, tantas vezes, por palavras, por gestos, em bilhetes deixados, sobre a mesa de cabeceira, ao acordar. Ao ouvido. Entre suspiros. De mão dada com a minha, apertada com força.

Lembras-te? Eu lembro-me.

Lembro-me de acreditar que nada nos iria separar. Porque prometeste que o nosso coração encontraria sempre forma de ultrapassar tudo. Que seria forte. E eu acreditei. Acreditei que estarias sempre aqui. Comigo. Juntos. Inteiros. Capazes de aguentar tudo. Inseparáveis.

Disseste-me: «Nunca ninguém nos vai separar.» E assim foi.

Juntos somos [tão] mais felizes do que sozinhos.


Escrito por Laura Almeida Azevedo

❥❥ Partilha amor nas redes sociais:

Gostaste do que leste? Deixa aqui o teu comentário: