CONTOS

Este texto é para ti, que entraste na minha vida de forma airosa para, depois, te ires embora sem querer saber da reviravolta que provocavas no meu mundo.
Foste o meu primeiro amor. Talvez o último. E, mesmo que volte a amar depois de ti, nunca mais o amor me saberá ao mesmo, sem ti.
Amo-te além de tudo o que o tempo tenta apagar, mas não consegue. Amo-te além de tudo o que eu tento apagar, mas não consigo.
Foi o inverno mais duro dos meus últimos anos por causa de ti: por causa do que despertaste em mim; por causa do que me permiti sentir, e do que senti, por ti.
E o mundo deixa de existir. Só a música. Só as luzes. Só o atrevimento. Só a curiosidade nos olhares e os sorrisos desprovidos nos lábios atrevidos.
Disseste-me: «Nunca ninguém nos vai separar.» Lembras-te? «O nosso amor vai resistir a tudo.»

TOP 15

Tu não estás só!

Este texto é para ti, que teimas em fazer-te de forte mesmo quando a dor te aperta por dentro.
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!