Ainda me lembro de ti

Cartaz © Laura Almeida Azevedo

Ainda me lembro de ti. Ainda me lembro de ti e de tudo em ti. Dos teus olhos grandes, absortos nos meus, onde me deixava perder. Do teu sorriso largo, tão genuíno, que me fazia esquecer as preocupações e olhar para os dias como se todos eles fossem apenas feitos de risos, de passeios a pé, de gargalhadas a dois. Dos teus abraços apertados, com braços largos que me envolviam todo o corpo, onde descansava da rotina, onde recuperava energias, onde me embalavas o sono.

Ainda me lembro de ti. Ainda me lembro de ti e de tudo em ti. Ainda me lembro do que fizeste de mim: da pessoa melhor que, todos os dias, queria surpreender-te; na qual queria que sentisses orgulho. Porque, quando se gosta tanto de alguém, como eu de ti, isso também conta, isso também importa: querer ser melhor do que se é para se ser quem o que outro precisa.

Ainda me lembro de ti. Sempre que me lembro de ti, o tempo para. Volto a ter-te à minha frente e os meus dias voltam a fazer sentido. Os meus olhos abrem-se de amor para te ver, e o meu coração enche-se de conforto no abraço que imagina dar-te.

Ainda me lembro de ti. Sim, irei lembrar-me sempre.

Porque é impossível esquecer quem é parte de nós.


PUB



Designer, ilustradora, copywriter e autora. Apaixonada por comunicação, pessoas e cidades grandes. Uma portuguesa a viver em Londres.

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: