READING

É aqui o meu lugar

É aqui o meu lugar

Fotografias © Nuno Abrantes NotJustSardines | Belém, Lisboa

Não me considero o tipo de pessoa que desvaloriza o que tem no momento em que o tem. É verdade que termos algo ali à mão, todos os dias, faz com que nos habituemos ao que temos. Isso leva-nos a não o questionar, a aceitá-lo como parte dos nossos dias. É bom, sabe bem, faz-nos felizes e nós aceitamo-lo. E não se fala mais nisso.

Sempre gostei de Lisboa. Desde miúda. Isto não é segredo para ninguém que me conheça há alguns anos, tendo em conta que tinha 23 quando vim de malas e bagagens viver na segunda cidade dos meus sonhos (a primeira era Nova Iorque). Desde cedo que me senti fascinada por esta cidade, pela sua luz, pelas suas ruas, por este rio e, nos dez anos em que aqui vivi, nunca perdi a capacidade para a apreciar, para me sentir apaixonada por ela.

Hoje, quatro anos depois de ter ido de malas e bagagens viver para Londres, a cidade de Lisboa continua a ser a minha cidade. Belém continua a ser o sítio onde vou sempre que tenho uma hora para estar sozinha e agarrar no carro. Sento-me nos seus degraus, em frente ao rio, e deixo-me ficar horas assim. Respiro fundo, reflito sobre a vida, olho para dentro de mim, observo as pessoas e aprecio a vista. Às vezes, fecho os olhos e deixo-me ficar a sentir a aragem fresca no rosto. Contemplo o pôr do sol, aprecio as suas cores e encho-me de saudades do meu país, com a certeza de ter sido aqui que me tornei mulher e que vivi os momentos mais importantes da minha vida.

Estar fora tanto tempo não me ajuda a ver coisas que nunca vi. Sempre apreciei estes pequenos detalhes que me seduziram desde cedo e que me fizeram vir viver para cá. Sempre gostei de Belém. Mas, agora, além do deslumbramento que continuo a sentir por esta cidade, há uma nostalgia. E, se há dias em que essa nostalgia é suave e doce, vivendo de mansinho em mim, há outros em que tudo o que sinto é uma vontade tremenda de voltar e de nunca mais sair daqui.

É que, vá para onde for, passe o tempo que passar, eu sei: é aqui o meu lugar.


PUB


Designer, ilustradora, copywriter e autora. Apaixonada por comunicação, pessoas e cidades grandes.

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: