Que história preferes que te conte?

2738

apeteces-me_345Ela: «Posso contar-te milhares de histórias. A história de quando era pequena e do quanto sonhava com casas enormes e janelas abertas para o mundo. A história da minha professora de matemática, que usava um longo vestido azul e que fazia malabarismos com os números, como hoje faço com as letras. A história da vizinha barulhenta, do vizinho madrugador, da prima orgulhosa ou da avó cantora. Posso contar-te milhares de histórias. A história do colega de trabalho, que se apaixonou por outra, e da outra, que anda na mesma escola de dança que eu. A história que explica como crescem as árvores, como parecem ser escadas enormes que vão daqui até ao céu, e como se formam flores lá no cimo. A história de quem chorou, de quem lutou, de quem venceu. Posso contar-te milhares de histórias. Até te posso contar as histórias que leio, que imagino; as histórias que oiço no café; as histórias que deduzo nas entrelinhas das tantas histórias que a vida me vai contanto. Posso contar-te qualquer uma destas histórias à tua escolha. Estou aqui. Que história preferes que te conte?»

E ele sorri-lhe. E responde-lhe: «Prefiro que, antes de tudo, comeces pela tua.»

PARTILHAR
Artigo anteriorAconteceu: a vida é assim
Próximo artigoEram os pés um do outro
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.