READING

Não há tempo, nem distância entre nós

Não há tempo, nem distância entre nós

Ilustração © Laura Almeida Azevedo

Ilustração © Laura Almeida Azevedo

Não há tempo, nem distância entre nós.

As saudades, que tenho de ti, não têm tempo. As saudades, que tenho de ti, não têm distância. As saudades, que tenho de ti, são fundas e intemporais. As saudades, que tenho de ti, vivem na minha pele e são parte de quem sou. As saudades, que tenho de ti, és tu e sou eu. Somos nós.

E as lágrimas, que as minhas saudades choram, são lágrimas doces que nunca secam. A tristeza é uma tristeza funda que aperta com força o coração e que o faz querer ainda tanto, tanto. E a vontade? A vontade, que tenho de ti, não desaparece só porque é um novo dia; só porque nasce uma outra manhã; só porque o adeus tem horas, dias, meses e anos.

Não há tempo, nem distância entre nós.

Porque continuamos onde sempre estivemos: tão longe e tão perto um do outro. Aqui, dentro: onde tudo o que verdadeiramente importa acontece.

[Talvez nunca venha a existir tempo, nem distância entre nós.]


Designer, ilustradora, copywriter e autora. Apaixonada por fotografia, pessoas, cidades grandes e esplanadas com luz.

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: