Estás aqui

348

apeteces-me_website266

Fecho os olhos e sinto o toque da pele. Nas minhas mãos, uma pele. Uma pele que não é a minha.

Enquanto tenho os meus olhos fechados, há movimento. Antes, durante ou depois, há vozes, há palavras.

Fecho os olhos e abro-os, mas tenho a sensação de que já nada é novo para mim. O toque não me surpreende. As palavras não me surpreendem. Nem o antes, nem o durante, nem o depois.

Sim, estás aqui. Tu.

[Mas podias ser qualquer outro.]

PARTILHAR
Artigo anterior«Estás feliz?»
Próximo artigoA cada novo dia
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.