Podes trazer-me de volta?

apeteces-me255B

O que é esta saudade que sinto de ti? Parece que o tempo tem garras afiadas, presas aos meus braços e aos meus pés. O caminho para o futuro é um labirinto fechado, donde não consigo sair para avistar luz. E o presente vai ficando, por aqui, morno — sem ser capaz de me entusiasmar, sem ser capaz de nos devolver um ao outro.

O que é esta saudade que sinto de nós? Parecia que tudo sorria à nossa volta — mesmo quando não tomávamos atenção ao que estava em nosso redor. Tudo fazia sentido — mesmo quando o questionávamos, só para podermos dizer que não estávamos acomodados ao que tínhamos.

Diz-me: O que é esta vida sem ti? Eu respondo. É isto. Esta vida sem ti é esta vida sem nós. É, mais do que isso, esta vida sem mim. Sabias?

Se não queres voltar, não voltes. Gostava que o fizesses, mas não posso obrigar-te. No entanto, peço-te: podes, pelo menos, trazer-me de volta? É que eu também me faço falta.


Designer, ilustradora, copywriter e autora. Apaixonada por comunicação, pessoas e cidades grandes.

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: