Vou esperar por ti

6530

apeteces-me252

Vou esperar por ti. Vou esperar por ti até ao dia em que tiver de ser, até ao dia em que não pode haver mais dias de espera.

Vou esperar sempre por ti, mesmo quando a distância me parecer demasiada, mesmo quando o teu silêncio me parecer insuportável e as memórias, que tenho, que hei-de sempre ter, começarem a ficar turvas na minha cabeça.

Vou esperar sempre por ti, como esperei no nosso primeiro encontro: com os nervos nos meus joelhos e as borboletas miudinhas a voar, em círculos, dentro do meu estômago.

Vou esperar. Porque o amor não morre com as pessoas. E as que cá ficam não ficam só com o corpo. Não ficam só com a vida. Ficam, sobretudo, com os sentimentos que sentem pelos outros — que já cá não estão.

PARTILHAR
Artigo anteriorTudo o que nos basta
Próximo artigoNão importa quem fomos
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.