E se brincássemos aos adultos?

3016

apeteces-meWebsite245

Gosto de ti há tanto tempo. Ainda não andávamos. Olhavas para mim com os olhos gigantes e eu ficava a imaginar o dia em que pudesses compreender as minhas palavras ― que eu também não sabia ainda dizer ― para, finalmente, te poder dizer: «amo-te».

Crescemos juntos. Aprendemos um com o outro a enrolar a comida no canto da boca. Levamos as tardes a ver filmes e escondemo-nos, debaixo da mão, quando os actores dão beijos com língua ― mas deixamos sempre um dos olhos destapado para vermos à socapa a reacção do outro.

E se, hoje, brincássemos aos adultos e me desses um desses beijos que vemos nos filmes? Prometo fingir que é só uma brincadeira. Gosto tanto de ti.

PARTILHAR
Artigo anteriorE eu fervo
Próximo artigoNão desisto de mim
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.