O amor não [se] escolhe

11266

apeteces-meWebsite240

Abraça-me contra o tempo. Vamos demorar-nos, aqui, sem que nos lembremos do que existe lá fora. Sem necessidade de verbalizar os prós e os contras de estarmos juntos. Sem metermos palavras, que não sentimos, nas nossas bocas. Sem nos amarrarmos as mãos só para que não toquemos um no outro.

Abraça-me neste tempo nosso em que nada disso [deveria] importa[r]. Sem vergonha do que sentimos, um pelo outro. Sem culpa.

O amor não [se] escolhe.

PARTILHAR
Artigo anterior(D)esse teu beijo
Próximo artigoO adeus antes do tempo
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.