READING

Esta saudade que não consegue sorrir

Esta saudade que não consegue sorrir

ApetecesmeWebsite181Foste embora. Fechei os olhos com força para tentar recordar-me de ti. O teu sorriso contagiante. O teu olhar meigo. As tuas palavras certeiras nos momentos mais oportunos. As gargalhadas dos teus olhos, quando o mundo queria um profundo silêncio. Foste embora, sem olhar para trás, como quem abandona o vazio: com pressa de ir embora, com urgência de esquecer o que ficou para trás.

E, hoje, as memórias que tenho de ti são quase tão fugidias quanto as tuas pernas a quererem ir embora. Não consigo ver o teu rosto. Não consigo ouvir-te. Um muro gigante ficou entre o agora e o antes. Um muro que não consigo ultrapassar — por mais que queira.

Mas, mesmo com as memórias vazias, sinto esta saudade. Esta saudade que ainda não consegue sorrir e que ainda vive num profundo silêncio.


Olá! Eu sou a Laura, a autora deste blog e do livro «Apetece(s)-me». Sou também freelancer em desenho gráfico, ilustração, redação de conteúdos e gestão de redes sociais. Paixões? As mais simples: escrever, desenhar, música, varandas e cidades grandes. Atualmente, vivo em Londres!

RELATED POST

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: