Que não morra de madrugada

368

apeteces-me_website_#166

Quero um dia assim. Solarengo. Um dia com tanta energia que nos torna capazes de enfrentar tudo. Um dia que tenha a coragem que nos permite lutar pelo que mais queremos. Contra tudo e contra todos. Sem nos distrairmos de nós.

Quero um dia assim. Intenso. Um dia com tanta garra que nos torna resistíveis a tudo. Um dia que tenha a determinação em cada escolha que fazemos. Contra nós próprios e contra o mundo. Sem nos atirar ao chão. Sem desistirmos de nós próprios.

Quero um dia onde consiga ser feliz. Um dia que tenha tanto de mim quanto aquilo que eu sou. Um dia que não morra de madrugada. Um dia que acorde na minha pele e que seja o coração quente que me faz lutar pelos meus sonhos.

Um dia que pode ser uma vida inteira.

PARTILHAR
Artigo anteriorFingirei que acredito
Próximo artigoGosto de ti
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.