Hoje não quero mostrar que o amor dói

2597

apeteces-me_website136

Hoje não me apetece que a luz entre. Quero ficar no meu canto. Quero esperar que as emoções sarem. Quero aceitar a escuridão como um estado necessário para ultrapassar as maiores angústias. Quero embelezar os olhos inchados do meu choro por ti. Quero não ter medo. Quero ter a sabedoria de quem espera.

Hoje não quero mostrar que o amor também dói. Quero aprender com ele: mas ao meu ritmo.

E esperar que a dor passe.

PARTILHAR
Artigo anteriorDiz-me
Próximo artigoE agora?
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.