READING

Baixar os braços

Baixar os braços

[Fotografia e edição: Laura Azevedo | apeteces-me.com]

Hoje, apetece-me estar. Deixar que os minutos passem, por mim, sem me importar tanto com eles. Enfrentar o tempo. Este tempo que me devora por dentro. Este tempo que me leva para um sítio mais escuro. Um sítio sem o teu sorriso.

Hoje, apetece-me apenas ficar abraçada às memórias de nós. E aos sorrisos cheios que se desenhavam no nosso rosto. Sem querer estar sempre a lutar contra isso. Sem querer apagar o que aconteceu. Sem querer desbravar o mundo: só para tentar não ter esta noção límpida de um tempo imenso sem ti. Esta noção feroz de que o tempo dói. E tanto.

Hoje, apetece-me baixar os braços. Deixar as mãos caídas sobre o mundo. Deixá-las despidas. Despir-me — também eu — de tudo.

E, simplesmente, ser-me — por mais que me custe — sem ti.


Designer, ilustradora, copywriter e autora. Apaixonada por fotografia, pessoas, cidades grandes e esplanadas com luz.

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: