A ausência custa

apeteces-me_website112

A ausência custa. Sempre custou. A ausência de quem não está por perto, de quem já foi da nossa vida e não o é mais, de quem deixou marcas profundas naquilo que somos hoje. A ausência consegue destruir, consegue criar fundos sem fim mesmo em quem gosta de sorrir e de rir às gargalhadas.

A ausência é como uma doença eminente que não descola do nosso corpo, que não nos dá espaço para tentarmos ser novamente felizes.

Essa ausência: de te ter aqui comigo, mas nunca estares aqui.


Olá! Eu sou a Laura, a autora deste blog e do livro «Apetece(s)-me». Sou também freelancer em desenho gráfico, ilustração, redação de conteúdos e gestão de redes sociais. Paixões? As mais simples: escrever, desenhar, música, varandas e cidades grandes. Atualmente, vivo em Londres!

RELATED POST

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: