Que seja verdadeiro

3727

apeteces-me_102

Que seja verdadeiro. Que seja intenso. Que seja impermeável: contra as tempestades do coração. Que seja feito de mel, mesmo salgado. Que seja brando, mas que nunca perca o fulgor.

Que seja um amor daqueles que se lê nos livros: mas nosso.

Que seja todo — para que nunca tenha de se ir embora.

PARTILHAR
Artigo anteriorDemorar-me em ti
Próximo artigoEm lume brando
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.