Demorar-me em ti

3562

apeteces-me_099

Deixa-me demorar-me em ti. Deixa-me ficar, assim, com os minutos deitados sobre nós. Deixa-me calar os medos. Embrulha-os, firmemente, com o teu abraço.

Deixa-me demorar-me nas tuas palavras. Essas palavras que dizes devagar, com sons que aquecem, com sentidos que arrepiam, com pernas que me mostram o teu mundo — esse mundo gigante que contemplo através dos teus olhos.

Deixa-me ficar imóvel neste instante distraído do mundo. Este instante que é calor, que é silêncio doce, que é abraço. Este instante que é sossego terno e demora deliciosa.

PARTILHAR
Artigo anteriorSabes porque danço?
Próximo artigoQue seja verdadeiro
Laura Almeida Azevedo
36 anos. Apaixonada por palavras, desenho e comunicação. Viciada em música e chocolates. Fascinada por pessoas, emoções e cidades grandes. Licenciada em Jornalismo. Designer gráfico, ilustradora e autora do livro «Apetece(s)-me». E a desafiadora-mor da plataforma de escrita criativa: Desafio-te.