Desejo mudo

apeteces-me_083

Hoje, vou-me embora de tudo o que conheço. Hoje, sem olhar para trás, vou na direção do que me alimenta, do que me tira o sono, do que me aquece.

Hoje, decidi que o tempo não é apenas um amanhã. Que a vontade não é apenas um desejo mudo. Que o amor-próprio não é apenas um compromisso comedido. Que a paixão pela vida não é só sentir o coração quente, em silêncio.

Que é também ir em frente, sem medos, e arriscar. Seja o que isso for. Dê por onde der. Ou mesmo que não dê: é, sobretudo, tentar.

Hoje, vou-me embora — para que não seja tarde de mais, mas, sobretudo, para que não seja nunca.


Designer, ilustradora, copywriter e autora. Apaixonada por fotografia, pessoas, cidades grandes e esplanadas com luz.

Deixa aqui o teu comentário:

INSTAGRAM
SEGUE-ME NO INSTAGRAM
error: Copyright © Este conteúdo está protegido!
%d bloggers like this: